Notícias

Jornalista fala sobre um futuro mais seguro no III Debate Lagos


Dando continuidade ao ciclo de palestras e debates no evento, o editor do caderno de seguros do Monitor Mercantil e ex-securitário, Randolpho Souza, interliga as seguradoras através de uma linha do tempo, citando os acontecimentos marcantes e como os corretores atuavam com as modalidades de seguros existentes naquela época, até os dias atuais.


“A categoria corretores de seguros possui um peso para o setor. E a prova disso está aqui hoje, num ambiente de greve altamente desfavorável e a gente percebe a presença maciça de todos vocês num evento como esse. E isso demonstra o esforço que cada um aqui tem para levar essa atividade adiante. Vamos fazer como uma espécie de linha do tempo, de como era comercializado o seguro. Nos anos 60. Por que nos anos 60? De 1959 a 1960, comecei a trabalhar na SulAmérica, no setor de subscrição de riscos. E do que eu vi, há quase 60 anos e como as análises de riscos são feitas, há uma diferença muito grande em termo de evolução, de visão do produto. A companhia tinha um produto voltado para acidente de trabalho e era um dos carros fortes da seguradora. E tinha seguro de vida há muito tempo e o setor de saúde também tinha seu destaque naquela época. Então o corretor começou a despertar também com o seguro de pessoas, pois automóvel não tinha tamanha proporção na comercialização. O tempo passou, o seguro de auto tem um peso no mercado e em 2017, o seguro de pessoas ultrapassou a modalidade em valores e prêmios”, declarou.


Dando continuidade, o jornalista visualizava uma companhia de seguro e uma cooperativa de crédito e formatava o seu perfil de negócio de acordo com maior demanda de comercialização e a sua relação custo benefício: “A gente olha para a Mapfre: Seguro Agrícola. Vim recentemente da AgriShow em Ribeirão Preto, a companhia é uma das poucas seguradoras presentes, porque a tradição do evento é grande e lá abrange os grandes profissionais rurais, onde ela tem grande presença nesse nicho. E agora a gente olha outro patrocinador e vê o Sicoob: é uma cooperativa muito bem elaborada, bem implementada e se destaca em seu negócio em relação a qualquer atividade. E a cooperativa é um grande negócio, porque quem ganha é o cooperativado, que investe e recebe e o retorno é dele, além de poder trabalhar com taxas menores e a mesma gira em torno de 2,5% a 3%, e os bancos estão numa faixa de 5% a 6%. E todas as taxas bancárias atualmente custam caro”, especificou.


Para valorizar as atividades voltadas para a categoria, ele finaliza: “A gente vê o mercado de seguros através dos corretores como uma forma interessante de como a gente pode visualizar o dia a dia de cada um de vocês. O mesmo seguro que você vende em Búzios, você não vai vender no Acre. E o que deve ser levado em conta, é a realidade do segurado, sabendo sempre o que ele precisa e tentar ao máximo amenizar o aborrecimento na hora do sinistro, é uma das metas principais do profissional”, concluiu.

Em seguida, o profissional foi homenageado e recebeu uma placa de reconhecimento em relação a sua atuação no setor de seguros.


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo

O SINCOR-RJ

Durante o período de pandemia o Sincor-RJ está funcionando de segunda a sexta, de 09:00 às 12:00 e de 13:00 às 18:00 em Home Office. 

Nosso Whatsapp é 21 96758-7195

INSTITUCIONAL

MAPA DO SITE

SERVIÇOS

MISSÃO

A missão do Sincor-RJ consiste na defesa e aprimoramento dos corretores de seguros, no exercício de suas atribuições e na defesa do consumidor de seguros e do instituto do seguro, em razão do seu grande sentido social.

VISÃO

O SINCOR/RJ almeja ser a casa do aperfeiçoamento do corretor de seguros e a coluna que sustenta o instituto do seguro pelo seu sentido social.

VALORES

Os valores que orientam e presidem as ações de nossa instituição e que temos como apanágio, são: a verdade; a independência; a honestidade; a cooperação e a justiça. Assim, sob a égide desses atributos, desenvolvemos os nossos esforços e as nossas missões.

Sincor-RJ - Sindicato dos Corretores e das Empresas Corretoras de Seguros, de Resseguros, de Vida, de Capitalização e de Previdência, do Estado do Rio de Janeiro. com sede na Rua dos Mercadores, 10 – Centro, Rio de Janeiro – RJ, Cep: 20010-130, inscrita no CNPJ sob o no 33.915.117/0001-54